Postagens

Mostrando postagens de Junho 24, 2016
Imagem
às vezes, 
eu não quero dizer nada, 
muito menos ouvir; 
quero só sentir.
_____________________
•☛ #lauraméllo
Imagem
É isso aí mundo!
Enquanto eu me sentir perdida no meio dessa gente toda, pode continuar dando as suas voltas. Tanta gente se encontra nelas, não é mesmo? Você pode girar. Pode andar em círculos. Você pode, tudo em ti é permitido. Estarei sempre no mesmo lugar por mais que eu pense ter ido longe. Afinal, quem se move de verdade é você. É você que é o dono da estrada. É você que monitora a minha caminhada. É você que me envolve, me sacode e me faz sempre voltar ao ponto de partida. Você me deixa tonta vez ou outra, é verdade. Mas você não tem culpa de ser redondo. A sua sina é dar voltas entre mocinhas crescidas e meninas, entre moços de cabelos brancos e meninos inocentes. Você foi feito para dar voltas na gente. E nessas voltas, uns se encontram, outros se desencontram, alguns se perdem e nunca são achados, outros se perdem e alegremente são encontrados, e muitos são como eu; sentem-se perdidos desde nascidos. Mas com uma pontinha de expectativa de serem encontrados em vida.
Encontrados…
Imagem
Ando um pouco desanimada.
Mas como tudo na vida passa, sei que esse desanimo também vai passar.
Sabe quando você sente que anda devagar, acelera um pouquinho, corre devagarinho, corre bem acelerado até suar, e não consegue sair do lugar?
Pois é, ultimamente ando sentindo que é exatamente isso
que vem acontecendo comigo.
Talvez seja a hora de pausar de verdade, de não sair do lugar de jeito maneira e qualidade.
Vontade mesmo eu tenho é de sentar num canto, tirar as sandálias dos pés, já vestida com um vestidinho bem largo, cabelos soltos, mão no queixo e pés descalços.
E nesse cantinho meditar sobre a vida.
Sobre o tanto que já fiz e mais o tanto que Deus ainda me permitir a fazer.
É meu Deus! As coisas não têm sido fáceis.
Mas nesse lugar especial, quero somente estar contigo face a face.
Quero poder lhe agradecer por tudo que me destes.
Pelos meus pais, meus filhos, pelos amigos, pelos amores bem ou mal sucedidos, pelas vitórias e pelos fracassos.
Por ter permitido eu estar carregando tantos fard…