Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 11, 2014
Imagem
NÃO estou num dia bom para fazer poemas.

Então, lá vai ...


.




.




.



.




.





.



.




O que foi, não leu, não entendeu?
Este é um poema mudo.
Éh! talvez a única pessoa que leia e entenda, seja eu ...
Laura M éllo
Imagem
Teu dia será de paz, 
surpresas boas e muito amor.

Como sei disso?
Um passarinho me contou.

Laura M éllo
Imagem
Sou amor da ponta dos pés,
até o último fio de cabelo da minha cabeça.

Sou Toda AMOR ...

Mas ninguém acredita.
Quando tudo o que somos
é a mais pura verdade,
e ninguém dá credibilidade
... acho isso uma tremenda injustiça!

Laura M éllo
Imagem
Numa época da extinção do romantismo,
desse negócio de ficar hoje e amanhã não,
de ir pra cama aproveitando a ocasião,
de tantos 'eu te amo pra sempre',
que duram o tempo de uma semente,
de beijos, sexo e abraço sem compromisso,
de traição ser para muitos um vício ...
Numa época como essa nossa,
parece que o amor está enclausurado nos poemas.

Laura M éllo
Imagem
Não sei se fui
Para onde fui
Se parti
Se morri
Se vivo
Onde vivo
Onde estou
Com quem estou
Se fui obrigada
Ou fui porque quis
Sei que não estou aqui ...
Onde estou?
Alguém me viu por aí?
Se não estou aqui
Quem está no meu lugar?
Quem meu corpo tomou?
Quem sobre mim pousou?
Seja quem for
me expulsou e se instalou.

Tudo bem, estou leve e alegre.
Quem está em mim, está, porque por mim se afeiçoou.
Eu sempre soube que eu era um bom lugar.
Vai, podes em mim ficar.
Sou borboleta e em outro casulo vou repousar
e re(nascer), para re(amar) e poetar ...

Laura M éllo
Imagem
Decidi que hoje terei você bem perto de mim.
Escrever-te-ei do início do dia, até o seu fim ...

Laura M éllo
Imagem
Dei-lhe 
os meus pensamentos ...
e ele tomou conta.

Laura M éllo