Postagens

Mostrando postagens de Maio 17, 2014
Imagem
Mergulhei numa realidade sem profundidade nenhuma.
Não tinha nada de errado com o mergulho ou com a realidade.
O sonho, é que foi raso demais.



[ ────────────── laura méllo ]
Imagem
Como se eu fora bombardeada, 
como se eu tivesse estado num campo de batalha.
Me encontro repleta de frestas.
Entra-me vento, poeira, luzes, 
e tudo quanto é partícula consegue penetrar-me.
O universo adentrou-me. 
Olho para fora de mim, e vejo
apenas um buraco negro.
Já não sei onde se encontra o chão.
Voo sem direção.
Rumo ao nada, ou à alguma constelação.



[ ────────────── laura méllo ]
Imagem
O que se percebe num olhar muito atento?
Percebe-se tudo. 
E observar certas coisas traz arrependimento.
Tem coisas que é bem melhor não serem vistas.
Inverte o sentido do teu olhar. Observe-se por dentro.
Porque do lado de fora, a maldade deixa pistas.
Fique alerta, ao primeiro alerta de contaminação.
O que adentra pelos olhos, vai direto ao coração.



[ ────────────── laura méllo ]