Postagens

Mostrando postagens de Abril 24, 2016
Imagem
Tem vida que mata a gente.
e não mata assim, de repente.
mata aos poucos, lentamente.
primeiro vai matando as doces realidades.
depois, mata as poucas vaidades
as ambiguidades
as pluralidades
a jovialidade
as forças, que já são tão poucas
a voz, quase mais nada sai da boca
a vontade de chorar
de sorrir
de ficar
de ir
a vontade de comer
de crer
de viver
mata, todas as vontades.
mata tudo que é vital.
e por último, vem o golpe fatal;
mata os sonhos.
esta sim é a morte real.
tem vida que mata a gente.
____________________
•☛ Laura Méllo / © Stéphane Grasset
Imagem
“ Ser olhado é ser ouvido. Só é ouvido, quem sabe olhar.”
____________________
•☛ Laura Méllo /  ♪ https://youtu.be/GVbTE4wCbpw

Imagem
tinha paixão?

não!

tinha loucura, cegueira e tortura.
era bom e ruim.

ah, desculpa.
confesso:
tinha paixão, sim.
____________________
•☛ Laura Méllo