Postagens

Mostrando postagens de Junho 5, 2013
Imagem
“Tem dias que eu daria tudo para não sentir nada.
Nos dias que dói, por exemplo...” 
laura méllo
Imagem
“...e pensando melhor, sei lá,
tem coisas que é melhor nem pensar!” 
laura méllo
Imagem
“E quando a lembrança for tudo que restou, 
só nos resta lembrar ...” 
laura méllo
Imagem
“Quando escrevo,
me transporto para um mundo que é só meu.
Abre os teus olhos, ele também pode ser teu.
Vem, vem me ler.
Vou adorar em meu mundo ... poder ter você!” 
laura méllo


Imagem
“Amor é cumplicidade” 
laura méllo
Imagem
“Se viver, pra você é leve, pra mim pesa.
Pesa de leve ... mas pesa. 
Peso que carrego só e não há quem tenha dó!
Não é fácil a vida no sertão ... lá, nos cafundó.” 
laura méllo
Imagem
“Às vezes sinto que não me caibo.
Quem dera [eu] ser um pouco menos...

Às vezes sinto que sobro.
Quem dera [eu] ser um pouco mais...

Queria mesmo, era ser exata!” 
laura méllo
Imagem
“Foi nessa corda bamba que é viver, que eu encontrei você!” 
laura méllo
Imagem
“Estou quieta. 
E isso não significa que eu esteja atoa. 
É que o meu pensamento, às vezes voa, voa ...” 
laura méllo
Imagem
“A gente nasce para brincar. Não, para ser brinquedo.” 
laura méllo
Imagem
“Se eu tivesse asas, 
não voaria acima das nuvens.
Lá não chove ^^ ... e eu adoro chuva! (✿◠‿◠)” 
laura méllo
Imagem
“Quero ter o máximo que eu puder da essência de Deus.
Que eu fique um velho, com o olhar de uma criança.
Pois terei rugas e me faltará vitalidade no final da minha andança.
Porque o meu Deus não é jovem, mas é lindo e não se cansa.”
laura méllo

Imagem
Olá! “O meu bom dia vai pra você que acordou 
com uma vontade, uma sede enorme de viver.
E que as adversidades na tua vida não tenham forças
para te fazer parar jamais, mesmo que tu venhas a desanimar.
Que DEUS te guarde, te ajude e fortaleça, amém?!
E sobretudo: Agradeça a Ele por tudo.”
laura méllo


Imagem
“Do amor pouco sei ... — Pressinto!”
laura méllo
Imagem
“O passado é o presente que a gente sente, sem tocar.”
laura méllo
Imagem
“Pra disfarçar, dei um jeito.
Abracei, me despedi e sorri ... 
Mas levei comigo a dor no peito.”
laura méllo