Postagens

Mostrando postagens de Maio 28, 2014
Imagem
Não morram de fome.
As boas palavras estão nos livros por aí.
Algumas das minhas, por hoje, eu já escrevi.
Pronto! Agora, vou dormir.



[ ────────────── laura méllo ]

Fica a dica:
Antes de dormir, vamos ler a Bíblia?!
Imagem
Lhe entreguei meu coração.  Ele não perdeu tempo. O pegou pra si, e foi logo brincar.  Fez do meu coração, a sua diversão.  Hei moço! Coração, não é brinquedo não!


laura méllo

Imagem
As palavras são tão necessárias,
que até no silêncio elas se apresentam ...
laura méllo

Imagem
Neste exato minuto
Sou o que precisava ser 
A minutos atrás.
Já estou planejando o que serei
Daqui a uns minutos ...
E de minuto em minuto
Serei cada vez melhor!



[ ────────────── laura méllo ]
Imagem
De madrugada tive sede.
Levantei, fui tomar água e voltei pra cama.
Não consegui dormir.
De repente tive fome.
Levantei, fiz um leite quente, tomei e voltei pra cama.
Não consegui dormir.
De repente senti calor.
Levantei, abri a janela, tomei uma brisa e voltei pra cama.
Não consegui dormir.
De repente tive frio.
Levantei, peguei meu edredom no roupeiro e voltei pra cama.
Me agasalhei da cabeça aos pés.
E novamente, não consegui dormir.
Foi então que percebi que eu tive sede e tive fome sim,
mas foi sede e fome de Ti Senhor.
Que o misto de frio e calor, era a necessidade de te buscar,
necessidade da tua presença, do teu amor, de Ti abraçar.
Necessidade de orar ...



[ ────────────── laura méllo ]
Imagem
Eu Sou muito Forte!
Eu choro, sofro e perdoo por amor ...
laura méllo
Imagem
Talvez eu escreva muitos sonhos.
E você quando me lê, saia um pouco da realidade.
Talvez, eu viva a minha realidade dentro de um sonho.
E com isso, te trago pra perto de mim 
toda vez que tu me lês, não é verdade? 
Eu penso que sim!



[ ────────────── laura méllo ]
Imagem
É que eu sou muito antiquada, sabe!
Gosto de pegar na mão
De beijo na testa
De receber flores sem menos esperar
De um galanteio aqui, outro acolá
De olho no olho
De um saber o que o outro está querendo,
sem precisar nada falar.
Sou do tempo de namorar no portão.
Do tempo de um interesse, em ouvir falar a voz do coração.
Sou do tempo das gentilezas, das formalidades necessárias.
Do tempo em que FICAR, era simplesmente não sair do lugar.
Sou de um tempo que não existe mais.
Ah ... Se eu pudesse voltar lá trás!!!



[ ────────────── laura méllo ]
Imagem
Falei em voz alta:
─ Lá vem aquele cisco no olho de novo!!

Ah, não vou dar vaidade à tristeza.
Mais não vou mesmo.

Mas que ela é aquele cisquinho insistente,
ah isso é ... 



[ ────────────── laura méllo ]
Imagem
Eu não sou medrosa.
Sou precavida.
É que já apanhei demais.
laura méllo
Imagem
Lá fora,
O tempo está parado.
Aqui dentro,
Um vendaval danado.
O que faço, o que faço?
Será, que a alguém eu ameaço?
Tudo lá fora é tão apertado.
É aqui dentro de mim que existe espaço.
O vento corre solto
Pra um lado e pro outro.
Alguém prenda meus pensamentos!
Eles estão todos soltos ...



[ ────────────── laura méllo ]
Imagem
“... Hoje, 
eu talvez não passe de um anjo triste, 
que precisa ser consolado.” 



[ ────────────── laura méllo ]