Postagens

Mostrando postagens de Junho 1, 2013
Imagem
“Eu me entreguei, cuidei, admirei, me decepcionei,
tolerei, me aproximei, me afastei e me aquietei.
Será que amei, ou cheguei perto?
Será que amo, ou tudo é incerto?
Ele jurava que me amava e saiu de perto.
Agora estou sozinha ... será que amar é um deserto?”
laura méllo
Imagem
“Você se espanta com a tempestade lá fora?
Quanto mais se você visse o temporal aqui dentro de mim.
Não é fácil manter um jardim, com tantos vendavais assim”
laura méllo
Imagem
“Quero atitudes!
Porque palavras ... eu sei de cor e salteado.”
laura méllo
Imagem
“Beija, abraça, toca, belisca, morde ... 
porque tudo que a gente precisa é sentir.”
laura méllo
Imagem
“Eu amo um tipo de vento,
que não é bem vento ... é mudança!”
laura méllo
Imagem
“Como parar de gostar?
Acho que depois que a gente gosta, tá gostado.
Não sei se é bem assim. Sei lá, será?!”
laura méllo
Imagem
“No teu olhar, sinto o tempo parar...”
laura méllo
Imagem
“Onde vive a solidão?
Quem sabe ela não mora numa bolha de sabão.
Pois dentro do meu peito? ... ela não mora não!
Não há espaço. O amor não deixa.
Quando ela chega, ele se queixa.”
laura méllo
Imagem
“Para o frio do corpo:
um cobertor e um copo de leite morno.
Para o frio do coração:
um abraço, um amor e uma canção.
Para o frio da alma:
Só Deus aquece e acalma...”
laura méllo
Imagem
“Prefiro os vendavais 
a uma calmaria sem fim.
São os ventos fortes que 
me aproximam mais de Deus.”
laura méllo
Imagem
“Deus sempre nos dá sinais
de que ainda podemos acreditar nas pessoas.
Você, é um dos sinais...”
laura méllo
Imagem
“Hoje, acordei versos
respirei prosas e me vesti de poesia.
E como sempre o poema é você ... todos os dias!”
laura méllo