Postagens

Mostrando postagens de Novembro 16, 2012
Imagem
"BORBOLETAS NO ESTÔMAGO"  - CadÊ as minhas?                                         (Laura Méllo)
Imagem
Nesta minha vida não ando empurrando nada com a barriga. Ela não daria conta.
Laura Méllo
Imagem
A sensação de perda de tempo, é um dos piores sentimentos ...
                            (Laura Méllo)
Imagem
A tua ausência tem fome,    tem dentes e morde,                                       mastigando meu coração...                                                           (Laura Méllo)
Imagem
(Laura Méllo)
Seria tão bom  se dor que a gente sente, pudéssemos fingir que não é com a gente.
Imagem
Se eu não falar, eu calo. Se eu não escrever, entalo! (Laura Méllo)
Imagem
É um menino danado de sábio esse tal tempo ...                                    (Laura Méllo)
Imagem
Laura Méllo
Pisar leve pra quê se eu posso flutuar ?! É assim que me sinto  mergulhando na vida sem saber nadar.
Imagem
(Laura Méllo) Não quero saber qual a razão da tua agonia. Apenas diga-me, o que te acalmaria?!

Imagem
Há dores que libertam. Há quem esteja cativo e não dói por estar.
(Laura Méllo)
Imagem
(Laura Méllo)
O amor que dói, tem lá a sua re(compensa) ...

Imagem
(Laura Méllo) Meu dia não começa ao amanhecer. Ele (re)começa no momento  chamado: Já!! A todo o momento  eu amanheço, (re)começando a viver.

Imagem

Imagem
Se não consegues aprender. Ao menos preste atenção. Quem sabe num flash de memória,  entre o certo e o errado tu tenhas noção.
                      Laura  Méllo
Imagem
(Laura Méllo)
O meu amor por você não morreu de morte natural. Foi você mesmo quem o matou calculadamente, num assassinato de primeiro grau. Eu me assustei. E pra ti foi coisa tão banal.

Imagem
(Laura Méllo)
Tenho meu jeito de tentar me a f a s t a r. E tu tens o teu de ten-ta-ção.
Imagem
Nas questões amorosas. Meu senso de direção até hoje ainda não acertou. Acho que nem GPS dá jeito.
                                                    (Laura Méllo)

Imagem
(Laura Méllo)
Para algumas pessoas meu (pra sempre) é eterno.
Imagem
Não quero escrever ... sem te descrever ...
Laura  Méllo
Imagem
(Laura Méllo)
O nosso crescimento acontece dia a dia. Querendo ou não o amadurecimento é inevitável. Tem coisas na vida que não se adia.
Imagem
(Laura Méllo)
Não posso reclamar. Andam me ferindo com os cacos de vidro, que eu mesma quebrei ...