Postagens

Mostrando postagens de Abril 3, 2014
Imagem
“ Ela vai acordar.
Mas antes, precisa sonhar.
Durma moça. E sonhe lindo.
Depois desperte para o dia que vai surgindo.”
laura méllo
Imagem
“ Conhecer você, foi providência de Deus.
Ele sabia o que faltava para dar sentido aos meus dias.
Tudo deixou de ser Nada, com a tua chegada.
Tocar o barco ao teu lado, acalma m'alma.
Tornou-se tão fácil navegar no oceano da vida,
com a certeza de nenhum naufrágio a vista.”
laura méllo
Imagem
“Por todo bem que me fazes, 
Deus lhe pague.
Em amor, longevidade e saúde. 
Que Ele te cuide!”
laura méllo
Imagem
“Não me procure apenas quando precisar.
Procure-me, quando eu menos esperar.
Me surpreenda. 
Venha me ver, sem trazer nenhum problema.
Chegue leve, de mansinho, com vontade de me dar carinho.
Chegue sem nada nas mãos. 
Mas com saudades minhas, no coração.”
laura méllo
Imagem
A gente não sabe se acertar, se encontrar.
Daí ... 
a gente vive se perdendo.
laura méllo
Imagem
Quase 
fostes meu.
Um dia,
já fui sua.
Mas disso você não lembra.
Sua memória afetiva é praticamente nua.
Despida de qualquer lembrança afetiva.
Garoto sem sentimentos.
Pra ti, só existe o momento atual.
Fique você sabendo, que o amor não é casual.

• Laura Méllo

Imagem
Será,
que nunca será 
do jeito que eu penso que vai ser ???

Será meu Deus?!
laura méllo
Imagem
Tenho certeza que sonhei. Aquilo não era amor. Tive a certeza, quando o sonho acabou. Parecia amor. Por Deus que parecia. Até dizer que era, eu dizia. A gente idealiza tanto um amor. Que quando a realidade nos propicia viver algo semelhante, a gente se confunde bastante ....
laura méllo

Imagem
“ Meu coração aprendeu a ser sensato.
Aprendeu a só se despir para a pessoa certa, 
e no momento exato!”

Laura Méllo
Imagem
“Cê tem certeza que o caminho é esse menina?
Ora, e olha lá hem!! ...
Tem estradas que são montadas.
Vê se não trafega na estrada errada.”

Laura Méllo
Imagem
“ Quando sopram novos ventos, coisas novas tenho a escrever. E aí, vamos lendo!? Escreverei poesias novinhas pra você.”
Laura Méllo
Imagem
Já bebi muito das tuas lágrimas,
e elas não tinham amor...
Já engoli muitas palavras tuas,
e muitas delas até hoje estão atravessadas na garganta.
Já provei de você.
A princípio gostei, me apeguei e viciei.
Não tinha noção de quanto eras nocivo.
Como pode alguém nos fazer tanto bem,
e logo depois um mal horrível?
Como pode ser isso?!
A gente se engana quando vê amor em tudo.
Quando em nosso olhar, só tem amor.
Não enxergamos malícia,
quando dentro de nós não existe maldade, não é verdade?
Saber viver, amar, conduzir a vida, o amor,
é uma arte que não se aprende em nenhum cursinho,
em nenhuma faculdade.
Se aprende vivendo, querendo ser feliz e sendo,
sofrendo sem querer sofrer, tendo o que se quer e não agradecer,
não ter e querer e pedir pra se ter ...
Ah Senhor, como é difícil a arte de viver!
Enquanto estou aprendendo, sigo escrevendo.

Laura Méllo