Postagens

Mostrando postagens de Junho 22, 2014
Imagem
Se há reEncontro, 
não resta a menor dúvida.

─ É pra ser!


laura méllo
Imagem
É inverno...
E no inverno parece que amo mais.
Sei lá! Gosto de ter os que amo 
um pouco mais pertinho de mim. 
O frio pede aconchego.
Pede abraços apertados.
Parece até que implora para sermos mais amados!


laura méllo
Imagem
Eu ...
e essa minha fome de céu, 
essa minha sede de Deus,
faz-me perto dEle estar, a alma elevar
e as coisas do alto, o tempo todo eu fico a degustar.



[ ────────────── Laura Méllo ]
Imagem
Porque tem momentos que Deus apenas diz: ─ Espera!
Estou vivendo este momento...
✻ 
Laura Méllo
Imagem
Tô nem aí!
Não estou com pressa.
Tudo, tudo chega na hora certa.
Pra quê me apressar, me preocupar?
O que tiver de ser meu, vai chegar!
Laura Méllo
Imagem
Hoje, acordei pra ser feliz.
Mas a tristeza não deixou.
Que bom! 
O dia está terminando.
E a felicidade pra amanhã se alegrando.
Amanhã promete.
Estarei feliz. Porque tudo se inverte.



[ ────────────── Laura Méllo ]
Imagem
Finjo que não vejo. Que não tô nem aí.
Mas não mudo o foco.
É você que eu quero. Não vou desistir!


Laura Méllo
Imagem
Pare de me olhar desse jeito que você me olha.
De longe. 
Como quem espreita uma oportunidade,
uma brecha minha, para que você se anime e se aproxime.
Não sou de dar brechas.
Você ainda não percebeu que sou uma porta aberta?
Aberta à verdade, à sinceridade , à viver uma coisa real
e que perdure de preferencia pra sempre?
Não estou aberta a papos furados,
a ficar hoje e amanhã não ser lembrada,
a pura satisfação do momento,
a viver uma estória sem nenhum sentimento.
Só não sou porta aberta para certas conveniências.
Acredite, sou uma romântica com os pés no chão.
Se o seu olhar não tiver uma boa intenção,
faça-me o favor, mude a sua direção.



[ ────────────── Laura Méllo ]
Imagem
Parece que não existe mais amor, mas existe sim.
Parece que não existe mais quem ame,
mas quando a gente menos espera encontra.
Parece que não existe mais a paz,
mas se buscarmos a Deus, Ele nos preenche com um bocado dela.
Parece que não há mais motivos para sorrir,
até alguém lhe fazer sorrir com uma simples cosquinha no nariz.
Parece que a felicidade é algo em extinção,
até a gente descobrir que ela não vem de fora, que ela mora no coração.



[ ────────────── Laura Méllo ]