Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 26, 2013
Imagem
Escrevo simples.
Uso palavras simples.
Como simples é o meu viver.
Não quero outra vida e nem outra pessoa ser...
Eu não me chamo Antônio, Tati, Marta ou Luara.
Eu me chamo Laura, Laura Méllo, e aos poucos me revelo.
E pra quem não me conhece, mas deseja conhecer.
Leia-me. Para mim será um prazer!
Imagem
❝Bordo palavras e me cubro com elas.
desalinho e me desnudo. Bordo e me cubro 
e assim saio formando dos retalhos de letras o meu mundo!❞

Laura M éllo
Imagem
(minha imagem)
Porque um bonito sorriso 
brota na minha face,
toda vez que penso em você...

Como pode 
um simples sorriso, de alguém depender?!
laura méllo
Imagem
O guardo como um valioso segredo.
Revelá-lo, é não guardá-lo.
É perde-lo ... e dessa perda, eu tenho medo!
Não, não revelo meu maior segredo!

Laura M éllo
Imagem
Escrevi,
mas ele não sabe ler.
Desenhei,
e ele não soube decifrar.
Cuidei...
ele sentiu e logo viu todo o meu amar.

Laura M éllo
Imagem
Amarelou-se com o tempo
• as fotografias tão coloridas cheias de vida.
• os sonhos cor de rosa que saiam de nossas prosas.
• aquele céu azul com a lua ao nascer do dia
que nunca me deixou sozinha.
• o livro de poesias que tinham páginas tão branquinhas.
Amarelou-se aquele sorriso doce,
que jamais se importou se o gosto amargo na boca fosse.
Só não amarelou a esperança. Essa continua verde.
Porque fora plantada no jardim do coração de Deus.
E passe o tempo que passar,
a minha esperança Deus sempre há de re(nova)r.
Sei que dias melhores virão, os tempos ruins passarão.
E as coisas amareladas do tempo, ouro se transformarão.

Laura M éllo
Imagem
A despedida vem antes de qualquer palavra.
Ela é aquela voz ainda não pronunciada,
mas sentida, gemida e sufocada ...

Laura M éllo
Imagem
A gente sempre sabe quando chega ao fim.

O comportamento muda, a voz muda, o olhar muda,
o abraço muda, há mudanças pra todo lado.
E quando definitivamente acaba,
a gente parece já estar meio que conformado.
Fácil não é ...
Mas a gente se recupera com o tempo.
Até encontrar um outro alguém para a gente amar e ser amado.

Laura M éllo
Imagem
Fundo
do poço
não é
sequidão
Não é
o fim não...
É água
abundante
que
das mãos
de Deus
tu beberás
meu irmão...

Laura M éllo