sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Todas as nossas diferenças acabam quando estamos na presença de Deus.
Diante dele, todos somos iguais.
Nossas ações é que não. E são elas que serão julgadas.
A cor da pele não é nada além de uma cor.
As nuvens do céu variam entre brancas e negras;
E em cada uma delas existe um determinado esplendor.
O sol brilha para todos e a escuridão da noite encobre a todos da mesma forma.
O olhar de Deus não é como o olhar do homem.
Um homem julga o outro se "achando" superior, enquanto que Deus julga, Sendo.
Porque só Ele, é ...
Pensemos nisso!
✔ Laura Méllo