Postagens

Mostrando postagens de Março 29, 2014
Imagem
“Tanta coisa que eu podia fazer nessa vida ...
Achei de fazer poesia.
Agora, tenho com ela um compromisso.
Virou vício!!”

ℒαurα ʍéℓℓѳ
Imagem
“Estou focada demais em você, para pensar em outro alguém.
Sabe quando a gente tem uma ideia fixa, 
e a gente não consegue se desvencilhar dela?
Pois é ... 
É isso que anda me acontecendo.
E essa ideia nada mais é que um querer enorme por você.
O amor é certeiro. Ele nunca erra o alvo.
E ele me acertou. Esse meu querer, já é amor.”

ℒαurα ʍéℓℓѳ
Imagem
“Eu não faço a mínima ideia do tempo que me resta.
Mas intuo, que vou te esperar pra sempre ...”

ℒαurα ʍéℓℓѳ
Imagem
“A saudade dói ...
Estar perto dói ...
Não ver dói ...
Ver demais, dói mais.
Afinal, por quê você dói tanto assim?”

ℒαurα ʍéℓℓѳ
Imagem
“O que está faltando pra você me vê?
Terei que gritar, me despir, te ignorar, te beliscar?
Você me olha e não me enxerga.
Não vê, que estou gostando de você?
Ah garoto! Deixa de ser bobo.
Você fica procurando por aí o amor da tua vida,
e não enxerga que ele está bem aqui.
Vai menino. Olha pra mim!
Muda este teu olhar ao me observar.
Não vê que sou EU, o teu lugar?”

ℒαurα ʍéℓℓѳ

Imagem
“ Vejo absurdos, 
por este olhar mudo. 
O olhar fala quando lhe convém.
Um olhar mudo ...
às vezes, quem não tem?”

ℒαurα ʍéℓℓѳ
Imagem
“E quando você ainda ouvir falar de mim, ou me ver por aí,
você irá dizer: como ela mudou. Quase não a reconheci.

Pois é. 
Depois do estrago que você fez na minha vida,
tu vais poder ver, o quanto eu cresci.

Não sou mais uma menininha ou mulherzinha,
não sou mais bobinha e nem escrevo mais bobagenzinhas.

Renasci. Cresci. Me expandi. Progredi.
E pra você que não me valorizou: - eu não tô nem aí.”

ℒαurα ʍéℓℓѳ
Imagem
“ Agora,
Veementemente eu posso dizer:
— Eu Amo Você!
Pois tento, tento, tento. Mas não consigo te esquecer.”

ℒαurα ʍéℓℓѳ
Imagem
“ Roubaram-me.
Mas ainda me restou a esperança.
Humilharam-me.
Mas a minha dignidade me fez erguer a cabeça.
Mataram meus sonhos.
Mas não mataram o meu Deus.”

ℒαurα ʍéℓℓѳ
Imagem
Sou a liberdade.
Me transformo no que eu quiser.

Viro realidade, viro fantasia ...
Viro noite, viro dia ...
Viro poema, viro poesia.

Me viro do avesso.
Adormeço e amanheço.
Me diminuo pra caber ...
Mas para amadurecer, sei crescer.

Me viro no que eu quiser.
Hoje, virei-me MULHER!

ℒαurα ʍéℓℓѳ
Imagem
Peço Silêncio.
Estou escrevendo.
Mas não há mais ninguém aqui além de mim. 
Meu Deus, pra quem estou pedindo silêncio?
Ah, já sei. É pra solidão.
Ela sempre faz um barulhosinho no coração.

ℒαurα ʍéℓℓѳ
Imagem
O carro é velho.
Coitado! 
Já está muito rodado.
Por fora, despedaçado.
Por dentro, um mundo de sentimentos.
Lataria caindo aos pedaços.
Mas dentro dele tem espaço.
Pode subir.
Vamos chegar onde a vida ainda nos permitir.
[É assim que funciona um coração quebrado e cansado]

ℒαurα ʍéℓℓѳ
Imagem
O que tem numa vida, bem vivida?

“Tem erro, tem acerto.
Tem coragem e medo.
Tem opinião, tem omissão.
Tem segredo e revelação.
Tem amores, tem desamores.
Tem espinhos e flores.
Tem paixão, tem frieza.
Tem grosseria e delicadeza.
Tem incredulidade, tem fé.
Tem inocência de menina e malícia de mulher.
Tem asas, tem chão.
Tem voo e tem imaginação.
Tem cópia, tem criação.
Tem chegada, tem partida.
Tem morte e vida.
Tem palavras secas, tem palavras líquidas.
Tem tudo, tem Deus.
Tem nada e tem O Eu.
Tem objetividade, tem dilema.
O que você acrescentaria, neste meu poema?”

ℒαurα ʍéℓℓѳ